top of page

Troca de curativos pós-banho: cuidado e conforto para as borboletas




Você sabia que o melhor momento para a troca de curativos de quem tem Epidermólise Bolhosa (EB) é no pós-banho? Essa hora é ideal por vários motivos, inclusive para evitar que a região lesionada seja contaminada por bactérias. A mudança da cobertura das lesões é importante para a cicatrização e, no caso do curativo UrgoTul – o mais indicado para a pele das borboletas – existe a tranquilidade de que essa troca é atraumática, ou seja, sem dor na remoção e aplicação.


É aconselhado que antes do banho, as pessoas com EB já deixem preparado tudo que irá ser usado durante a troca de coberturas, o que pode incluir o curativo, uma solução salina, gaze, faixas, pomadas e cremes hidratantes, etc. Lembre-se também que a temperatura da água do banho deve ser amena para não irritar a pele, então, nada de banhos muito quentes, ok?


Durante o banho, remova o curativo antigo. Depois, verifique se é necessário higienizar novamente a região com o auxílio de uma solução salina e gaze. Após a limpeza, seque a região com cuidado, inclusive a pele ao redor da lesão. Esse também é um bom momento para hidratar a pele com um produto específico e utilizar alguma pomada – ambos recomendados pela equipe de saúde.


Para cobrir a lesão, opte pelo curativo que mais te deixa confortável. O UrgoTul, por exemplo, pode ser utilizado sozinho ou em conjunto com outras coberturas secundárias, como gaze e faixas, e é bastante maleável, podendo ser aplicado nas mais diversas regiões do corpo. Outro detalhe é que em alguns casos as pessoas com EB não alcançam a lesão que precisa de curativos, então, não há problema nenhum em pedir ajuda para alguém de confiança!


E pronto! Viu como é simples?


Como você costuma fazer na hora da troca de curativos? Compartilhe sua experiência nos comentários!

21 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page