top of page

O paciente do Touch Test




Você já aprendeu sobre o que é o Touch Test e as funcionalidades deste exame. Para complementar o assunto, a embaixadora oficial da campanha #DesPÉrta, Eloisa Malieri @eloebete, traz um tema importantíssimo para que os pacientes reflitam e coloquem em prática quando forem submetidos a essa avaliação: a transparência durante o procedimento.


É primordial que, no Touch Test, a pessoa com diabetes relate tudo que está sentindo – e, principalmente, os estímulos que não conseguiu perceber. Desta forma, o profissional de saúde poderá compreender o nível de falta de sensibilidade nos membros inferiores. Com essas informações, a prevenção de comorbidades que acometem a região, como a neuropatia do Pé Diabético, podem ser prevenidas ou até mesmo tratadas o quanto antes, impedindo uma má evolução do quadro.


Honestidade e transparência são peças fundamentais na relação entre médico e paciente, e com certeza são os melhores caminhos que andam lado a lado com a prevenção. Lembre-se de não ter medo do diabetes e de se apropriar do seu diagnóstico, pois com “Um Passo de Cada Vez”, os pés de quem convive com a Dona Bete – como diz a Elo – ficarão saudáveis, o que garante a longevidade, a autonomia e a mobilidade dos pacientes.


Acompanhe o perfil #DesPÉrta para não perder nenhum conteúdo da série “Um Passo de Cada Vez”. Siga também a embaixadora @eloebete e aprenda com quem tem propriedade no assunto!


Durante os exames para avaliar a sensibilidade dos seus pés você costuma interagir de maneira transparente com o profissional de saúde? Compartilhe a sua experiência nos comentários!


O conhecimento é a base da preservação da saúde e integridade dos membros inferiores do corpo. 💙👣

9 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page