top of page

Estou com Diabetes e agora?

Atualizado: 5 de mai. de 2023





A campanha #DesPÉrta compreende que esse momento pode ser de insegurança para os pacientes, afinal, toda novidade traz consigo uma série de dúvidas, não é mesmo? No entanto, lembre-se: o diabetes não é um bicho de sete cabeças! Com o acompanhamento médico e mudança no estilo de vida, a caminhada com esse diagnóstico pode se tornar mais leve e tranquila.


É importante destacar que, no caso das crianças, o tipo mais comum é o diabetes mellitus I (DM 1), ou seja, o pequeno paciente terá que lidar desde sempre com o diabetes. Mas, para quem descobre depois de adulto (normalmente, DM 2) algumas perguntas podem facilitar o entendimento do diagnóstico.


O primeiro questionamento é confirmar qual o tipo de diabetes – se realmente é DM 2 – e o que isso significa. Além disso, é importante perguntar para o profissional de saúde sobre qual e como será o tratamento; e quais mudanças fazer em relação à alimentação e hábitos de vida.


Outro ponto para abordar em uma primeira consulta é: quais exames fazer com frequência para garantir o controle glicêmico? E quais são as especialidades médicas que devem ser visitadas para prevenir complicações do diabetes?


Com essas informações apuradas, com certeza você terá um norte para se basear na sua jornada de mãos dadas com o diabetes.



2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page